quinta-feira, 27 de outubro de 2016

João Petinga / Heli Samuel * Antonio Cabral Filho - Rj

João Petinga / Heli Samuel
&
&
Heli Samuel, 
a considerar pelo comentário de Luiz Carlos Machado, na segunda orelha, não precisa de mais apresentação. Mas seus romances, João Petinga e Amecarim, dizem por si só da grandeza desse sujeito. Nascido no norte do estado, filho de contador, meteu a cara no Rio e foi estudar. Mudou-se para a capital e foi trabalhar na Petrobrás. Ajudou os irmãos, cuidou da mãe, e do pai a notícia que se tem está em João Petinga, um homem austero, que não dá margens para as elocubrações dos filhos em pensar por conta própria. Seus livros não alcançaram o sucesso, diga-se de passagem, merecido. E mesmo assim, Heli Samuel nunca se entregou. Foi jornalista e crítico literário, como atesta sua abordagem sobre o livro 'Medo e o segundo tempo', de Eva Bán.
Uma das linhas fortes do seu romance João Petinga é a resignação do personagem perante as coisas da vida:"É a vida, é a vida!", é uma expressão repetida exaustivamente para demonstrar o caráter do personagem e a recusa do autor em pensar dessa forma. Não vejo razão nenhuma para alguém desprezar um livro com essas características, uma vez que a chamada grande literatura não é assim considerada porque está na mídia, mas porque oferece ao leitor fatores que o envolvem existencialmente. E nisso João petinga dá show!
*
Mais Heli Samuel
https://letrastaquarenses.blogspot.com.br/2016/09/eva-ban-sem-medo-nem-segundo-tempo.html 
***

Nenhum comentário:

Postar um comentário